Facebook aposta em plataforma para unir marcas com influenciadores


Com o marketing de influenciadores em alta, o Facebook está procurando facilitar as relações entre marcas e influenciadores - o que, naturalmente, os ajudará a atrair criadores mais relevantes para a plataforma, além de permitir que as marcas melhorem suas mensagens.


Esta semana, o Facebook está oficialmente lançando sua nova plataforma "Brand Collabs Manager", que destacará os influenciadores relevantes para as marcas e permitirá que eles se conectem. A princípio, a plataforma só estará disponível nos Estados Unidos.

Facebook aposta em plataforma para unir marcas com influenciadores

A plataforma, que foi vista pela primeira vez em testes no mês passado, destaca combinações relevantes de influenciadores com base em suas exigências de promoção específicas - como você pode ver na imagem acima, é possível filtrar a listagem por uma série de qualificadores, incluindo aqueles que já gostam de sua marca no Facebook.


Os criadores destacados terão uma porcentagem na miniatura do seu perfil, em relação à sua marca e aos requisitos inseridos, enquanto ele também exibirá o alcance e a categoria do público-alvo deles.

Facebook aposta em plataforma para unir marcas com influenciadores

Quando você clicar em um perfil, haverá uma série de informações adicionais sobre esse criador, incluindo detalhes específicos sobre quem ele é, onde ele se baseia, o tipo de conteúdo e o website preferidos.

Facebook aposta em plataforma para unir marcas com influenciadores

Os criadores de conteúdo poderão criar perfis específicos do Brand Collab, completos com vídeos de introdução e um kit de mídia (conforme mostrado acima). Para isso, os criadores precisam se inscrever no Brand Collabs Manager e preencher seus detalhes.


As marcas poderão acessar dados das colaborações anteriores das marcas dos usuários, enquanto os criadores também poderão curtir a página de uma marca para aparecer como um parceiro sugerido no futuro.

Essa plataforma é uma boa iniciativa do Facebook e vai de frente com a crescente tendência do marketing de influenciadores. E definitivamente, o marketing de influenciadores está se tornando cada vez mais influente. Nesta semana, a Unilever anunciou que deixaria de trabalhar com qualquer influenciador que tivesse comprado seguidores, um passo importante no desenvolvimento das regras para este tipo de marketing.

Embora as marcas vejam claramente o benefício do marketing de influência - que só deve crescer à medida que os algoritmos colocam mais ênfase no engajamento - elas também precisam saber que estão obtendo um ROI eficaz, o que provavelmente será o próximo grande foco de abordagem. Dessa forma, você pode esperar que as próprias plataformas adicionem novas proteções para eliminar os agentes mal-intencionados - e através do Brand Collabs Manager, o Facebook simplesmente poderá remover usuários questionáveis ​​de suas listas, tornando-a uma ferramenta de negócios mais eficaz e benéfica.

Na verdade, o Facebook precisará fazer isso para garantir que as marcas o vejam como uma opção viável - e permitir que os criadores adicionem seu nome à lista ajudará a facilitar o processo. A capacidade de ver o desempenho passado das colaborações da marca é um bom indicador disso, enquanto o Facebook também detecta e remove mais perfis falsos do que nunca, o que diminuirá o fascínio daqueles que enganaram seu caminho para altas números de seguidores.

Realmente, é um passo natural para o Facebook - e, embora o Facebook não esteja tomando parte de nenhuma parceria organizada por meio da ferramenta, obviamente se beneficiará das campanhas publicitárias subsequentes que estão sendo veiculadas em sua plataforma.

Mas o grande foco aqui são os próprios criadores. Para o Facebook vencer, principalmente em termos de conteúdo de vídeo, é necessário que criadores famosos e populares postem conteúdo no aplicativo. No momento, o modelo de monetização do YouTube é muito mais avançado, dando a ele a liderança em apelo ao criador, mas o Facebook tem muito mais usuários e alcance total do que o YouTube pode oferecer.

Se o Facebook puder dar a esses criadores mais oportunidades de monetizar seu trabalho - e não apenas por meio de anúncios in-stream - isso poderia ajudá-los a reunir mais criadores de conteúdo, aumentando o engajamento e o tempo gasto no aplicativo.

O Brand Collabs Manager está sendo aberto para mais usuários dos Estados Unidos esta semana - você pode descobrir mais e expressar seu interesse em participar aqui.



Post traduzido de Social Media Today.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.